Gestão Financeira: 6 aspectos para medir o sucesso da sua empresa

Gestão Financeira: 6 aspectos para medir o sucesso da sua empresa

Obrigatória em toda grande empresa, a Gestão Financeira não é apenas um departamento que cuida do dinheiro, é bem mais do que isso.

É um conjunto de procedimentos, metodologias e ações que orientam quanto à análise, ao planejamento e ao controle financeiro das organizações.

Isso significa que ela voltará seu olhar para todos os passos financeiros de uma empresa e determinará, através da medição de vários aspectos, se tais passos estão levando-a para um bom ou para um mau caminho.

Engana-se, porém, quem pensa que isso é exclusividade de empresas com muitos funcionários. A Gestão Financeira, a exemplo da Governança, não só pode como deve estar presente no cotidiano de qualquer empresa, não importa o tamanho, levando dados e fatores que são importantes para sua estratégia.

Neste artigo, elencamos os 6 principais indicadores que uma organização precisa considerar para fazer uma boa Gestão Financeira, e como interpretar cada um.

Como fazer Gestão Financeira de uma empresa?

Muitos especialistas em administração financeira admitem que existem diversos indicadores e aspectos que podem medir a Gestão Financeira de uma empresa.

De fato, através dos variados resultados apresentados por ela (contábil, operacional, administrativo) é possível traçar métricas para apontar o que vai bem e o que não vai.

Entretanto, quais indicadores e quais aspectos desses resultados “conversam” uns com os outros? Quais são fundamentais (portanto, urgentes) de se corrigir e quais podem virar foco em outra ocasião?

Esse é um desafio que impacta diretamente no planejamento financeiro das empresas; afinal, toda estratégia tem que ser traçada com base em dados e informações reais sobre cada “departamento” da entidade, e finanças não pode ser diferente.

Assim, uma Gestão Financeira adequada deve se pautar em indicadores e aspectos reais e atuais da empresa, independente se são positivos ou não, para que a estratégia de crescimento seja correta e dê resultado.

6 aspectos para medir a Gestão Financeira de uma empresa

Considerando nossa vasta experiência na recuperação de empresas com problemas financeiros, chegamos a 6 indicadores que são cruciais para determinar se a Gestão Financeira da sua empresa está sendo um sucesso ou não.

1. Necessidade de Capital de Giro

O Capital de Giro é, geralmente, tratado como qualquer outra operação financeira, mas aqui estamos falando sobre a NECESSIDADE de capital de giro.

Isso significa saber o quanto sua empresa precisa de dinheiro para poder sobreviver durante certo período, seja um mês, um ano, quinze dias, etc.

2. Resultado Operacional

Uma empresa só pode prosperar se o resultado operacional for bom, for positivo, independentemente se ela dá lucro ou não.

Uma boa Gestão Financeira vai considerar os resultados da operação separadamente dos resultados da administração, pois sabe que é na operação que se gera o valor de uma companhia.

3. Alavancagem Financeira

Consiste em tomar recursos a um custo e ter um resultado melhor que ele. Isso gera um efeito alavanca nas finanças.

4. Alavancagem Operacional

Já a alavancagem operacional diz respeito ao quanto a operação de uma empresa pode potencializar o resultado geral a cada unidade adicional vendida.

Ou seja, após pagar todas as contas, quanto a empresa ganha a mais a cada venda a partir daquele momento?

5. Margem de Contribuição

Margem de contribuição é um indicador que mede o quanto cada produto ou serviço entrega de contribuição para pagar as despesas da empresa.

É importante compreender este aspecto, porque dele deriva outro, que chamamos de “ponto de equilíbrio”.

6. Ponto de Equilíbrio

É ele que indica o momento exato do mês em que a empresa para de apenas pagar as contas e passa a trazer um resultado adicional positivo.

Como determinar o êxito de uma Gestão Financeira?

Anote esta máxima: só é possível saber se uma Gestão Financeira é exitosa ou não através da análise dos dados, ou seja, a análise da gestão.

Isso significa, na prática, analisar os indicadores para saber em quais pontos a empresa deve focar para obter melhores resultados, quais setores ela deve priorizar para corrigir determinada dificuldade.

Isso, é claro, se ela ainda não apresentou sinais de problemas em algum setor, seja com clientes, fornecedores, colaboradores, fisco, etc. Caso contrário, é importante buscar ajuda profissional.

Independente disso, o êxito na Gestão Financeira passa também pelas boas práticas de Governança Corporativa, como já discutimos neste post.

No mais, quanto antes a empresa identificar um indicador negativo, mais cedo ela pode agir e melhores serão os resultados de suas ações.

Para saber mais sobre os aspectos, indicadores e metodologias da Gestão Financeira, continue acompanhando nosso blog ou entre em contato conosco.

MÍDIAS SOCIAIS